Perguntas Frequentes

A Interlink emite nota fiscal da sua literatura?
Não. A Interlink é uma organização sem fins lucrativos e sem vínculo comercial. A literatura distribuída pela Interlink não é comercializada. O valor pago pelo cliente referente ao quilo do material diz respeito apenas à cobertura de custos para a remessa ao cliente e não aos custos do produto em si, que não pode ser comercializado. Caso seja necessário, entretanto, a Interlink pode emitir um COMPROVANTE DE OFERTA/RECIBO FISCAL.
A Interlink pertence a alguma denominação evangélica?
Não, a Agência Missionária Interlink é uma organização cristã interdenominacional, trinitariana e sem fins lucrativos. Está ligada à Revival Movement Association (também conhecida como Every Home Crusade) uma instituição missionária britânica fundada em 1949 e sediada no interior da Irlanda do Norte. Tanto na Interlink quanto na Revival Movement Association trabalham (e já trabalharam) crentes das mais diversas denominações evangélicas.
Se a Interlink é uma missão sem fins lucrativos e anuncia a sua literatura como GRATUITA, por que ela cobra por suas publicações?
A literatura bíblica que a Interlink disponibiliza ao público é impressa exclusivamente por meio de ofertas recebidas de cristãos que amam a obra missionária e que, por isso, investem na produção de material evangelístico visando a salvação de milhares e milhares de pessoas ao redor do mundo. Assim, por razões ligadas à própria natureza da missão, a literatura da Interlink NÃO PODE ser comercializada. Por isso, a Interlink não repassa ao cliente os custos de produção do seu material, tampouco obtém lucro com a sua distribuição. Entretanto, a distribuição da literatura ao público envolve despesas logísticas, independentes dos custos de produção do material em si. Como uma organização não comercial, a Interlink não possui meios para absorver sozinha essas despesas logísticas de distribuição. Os custos ligados à logística de distribuição são basicamente dois: as taxas alfandegárias para a importação da literatura (que é impressa na Irlanda do Norte e remetida em contêineres, por via marítima); e, principalmente, o custo de remessa postal ao cliente. Ao pagar pelo quilo do material, o cliente está apenas cobrindo os custos ligados às tarifas alfandegárias e, sobretudo, a remessa postal. Ou seja, o cliente NÃO está comprando ou pagando pela literatura em si, mas apenas cobrindo as despesas logísticas para que o material possa chegar até ele.
Por que o custo do quilo da literatura está sempre sendo reajustado?
A Interlink se limita a repassar aos clientes os valores praticados pelos Correios. Sempre que possível, contudo, a Interlink procura retardar ao máximo o repasse desse reajuste, para que sua literatura esteja sempre disponível por um valor módico e acessível aos clientes de todo o Brasil.
Se há custos de frete naval e alfandegários para importar a literatura, por que a Interlink não a imprime aqui mesmo no Brasil?
A literatura oferecida pela Interlink é impressa nas modernas oficinas gráficas da Revival Movement Association, na Irlanda do Norte. Essa gráfica missionária transforma diariamente mais de uma tonelada de papel bobinado em preciosa literatura bíblica para cerca de 120 países dos cinco continentes. Para isso se tornar realidade, foram necessários vários anos de aperfeiçoamento na engenharia de produção e no planejamento gráfico, de forma que os custos de impressão fossem os mais baixos e a quantidade literária a maior possível. A Revival Movement imprime a literatura em máquinas rotativas de última geração. Estas, embora não ofereçam a mesma cobertura de cor das impressoras off-set planas, garantem, por outro lado, uma impressão muito rápida, de boa qualidade, em grandes quantidades e por um custo unitário irrelevante se comparado aos valores praticados por qualquer gráfica comercial. O volume mensal de literatura movimentado pela Interlink (cerca de 10 toneladas em média) seria absolutamente impossível de ser alcançado se o material fosse impresso no Brasil opr meio de gráficas comerciais. Os custos de impressão seriam incomparavelmente superiores àqueles praticados pela Revival Movement, onde o trabalho é feito em caráter missionário. Portanto, mesmo com os custos do frete naval internacional mais as despesas alfandegárias, a literatura impressa na gráfica própria da Revival Movement ainda é, de longe, a melhor opção para a distribuição literária em larga escala, nos moldes realizados no Brasil pela Interlink.
Se o custo do quilo visa cobrir as despesas de remessa, por que o cliente que retira pessoalmente a literatura na sede da Interlink também paga por ela?
Por duas razões. Primeiramente, porque uma parte dos custos (no caso, as despesas alfandegárias) já está embutida no material, mesmo que o cliente o retire na Interlink. Segundo, porque a Interlink atende -- lidando ela própria com as despesas -- a vários pedidos vindos de clientes que estão completamente impossibilitados de arcar com qualquer custo, por menor que seja. Esse é o caso, por exemplo, de pedidos que chegam de presidiários e de evangelistas muito pobres, oriundos de todas as regiões do Brasil. A Interlink gentilmente atende aos pedidos desses irmãos, mas necessita, por outro lado, de algum aporte financeiro para o equilíbrio de suas contas. Uma forma justa disso ocorrer é a cobertura do custo do quilo também por parte daqueles que retiram a literatura na Interlink, pois o custo da remessa que se poupa com eles, é empregado nas remessas àqueles que não dispõem de nenhum recurso financeiro.
Se a Interlink tem os seus custos cobertos com o valor cobrado no quilo do material, por que ela ainda pede ofertas aos seus clientes?
Os custos com a importação da literatura e a sua remessa aos clientes não são os únicos com os quais a Interlink tem de lidar para manter o seu trabalho no Brasil. Há os custos operacionais corriqueiros que se impõem a qualquer organização missionária, tais como: luz, água, internet, limpeza, aluguel, salários, impostos etc. A Interlink recebe um suporte financeiro da Revival Movement Association, para que possa continuar operando no Brasil, visto que as ofertas nacionais ainda não muito pequenas. Por isso, quanto maiores e mais frequentes forem as ofertas recebidas de mantenedores brasileiros, tanto menos suporte financeiro será necessário receber da Revival Movement, liberando essa organização para destinar mais recursos aos países realmente pobres e carentes do Evangelho.
Por que a Interlink não usa as traduções bíblicas mais populares em seus textos?
A Interlink procura seguir as orientações textuais e teológicas da Revival Movement Association, entidade missionária que, por sua origem conservadora, prefere usar as traduções bíblicas mais tradicionais e eruditas às mais modernas e populares. Há vantagens e desvantagens em ambos os casos. Porém, a decisão aqui resulta apenas do posicionamento editorial mantido pela Revival Movement. Eventualmente, a Interlink lança mão de traduções mais populares, como a NTLH, quando o material exige um texto focado num público-alvo bem específico. Esse é o caso, por exemplo, do folheto Quatro Coisas Pra Você Saber, impresso sob licença da SGM Lifewords.
A Interlink atende pedidos de literatura para o exterior?
Infelizmente não. No Brasil, os custos de remessa postal para o exterior são completamente inviáveis para uma organização sem fins lucrativos. Em alguns casos específicos, é possível propor alternativas que viabilizem o recebimento do material sem grandes custos adicionais. Por exemplo: aos solicitantes de países limítrofes com o Brasil, recomenda-se que se estabeleça um contato de confiança com algum residente de cidade brasileira próxima à fronteira, para onde o material possa ser enviado por correio e dali, a seguir, ser retirado pelo solicitante. Os pedidos de material em português oriundos de Portugal e da África geralmente são encaminhados para a Revival Movement, que estuda, caso a caso, a possibilidade de atender a solicitação remetendo a literatura desde sua sede na Irlanda do Norte.
Preciso de folhetos e livretos em língua estrangeira. A Interlink pode me ajudar?
A Revival Movement imprime literatura em 95 línguas e as despacha para cerca de 120 países dos cinco continentes. Eventualmente, a Interlink recebe pequenas quantidades de literatura em inglês e espanhol. Por isso, recomenda-se que, caso o evangelista necessite de títulos nesses diomas, faça contato com a expedição da Interlink pelo email pedidos@interlink.org.br ou pelo tel (12) 3204-4369, para informar-se sobre a disponibilidade dessa literatura.
A Interlink imprime literatura personalizada, com a logomarca e o endereço da minha igreja ou organização missionária?
Infelizmente, não é possível para a Interlink a impressão de folhetos ou livretos personalizados, visto que sua literatura é produzida no exterior e sempre em grandes volumes. Entretanto, caso o interessado disponha de condição financeira para custear a impressão do material, a Interlink poderá ceder a arte personalizada, desde que a literatura não seja usada para fins comerciais.
Por que os folhetos da Interlink são coloridos apenas de um lado?
Por uma simples relação de custo-benefício. Após considerarem as várias alternativas para se produzir grandes volumes literários por um custo mínimo e com uma boa qualidade gráfica, os impressores da Revival Movement decidiram adotar um modelo de impressão no qual um dos lados do folheto apresenta impressão em quadricromia (quatro cores básicas que, uma vez combinadas, produzem a percepção do multicolorido), e o outro, impressão monocromática (geralmente na cor preta). Essa técnica econômica de impressão permite que a Revival Movement produza, com custos módicos e ótima qualidade gráfica, a imensa quantidade literária que notabiliza mundialmente o seu ministério. Exceção a essa regra é encontrada nos títulos infantis; estes, a Revival Movement produz em quadricomia nas duas faces do impresso, de forma a que o material se apresente muito mais atraente às crianças.
A Interlink oferece cursos de treinamento ou congressos para evangelistas e missionários?
A Interlink não dispõe de cursos de treinamento, nem realiza congressos para evangelistas. O foco do ministério é apenas a criação, impressão e distribuição de literatura bíblica para igrejas e evangelistas de todo o Brasil. Entretanto, caso haja interesse de sua igreja ou organização missionária sobre o tema, recomenda-se o contato com a Interlink no email aramis@interlink.org.br, para que se estude a viabilidade de uma ou mais palestras específicas sobre o assunto.
Minha igreja/organização missionária gostaria de imprimir seus próprios folhetos. Como a Interlink pode ajudar?
É importante frisar que a Interlink NÃO IMPRIME LITERATURA SOB ENCOMENDA. Caso sua igreja ou organização missionária deseje produzir seu próprio material, é importante que você se certifique de que dispoe dos recursos financeiros para cobrir os custos de impressão do material evangelístico. Sugerimos que você contate uma gráfica de sua confiança e faça um orçamento para a impressão desejada. A Interlink poderá ajudar acessorando o desenvolvimento da literatura, especialmente na produção da arte-final. Essa possibilidade terá de ser avaliada caso a caso e dependerá da disponibilidade de tempo do nosso artista gráfico. Maiores informações, entre em contato pelo email aramis@interlink.org.br.
Antigamente a Interlink oferecia aos evangélicos um programa de trabalho voluntário em hotéis e pousadas da Inglaterra. Esse programa não existe mais?
Antigamente a Interlink oferecia aos evangélicos um programa de trabalho voluntário em hotéis e pousadas da Inglaterra. Esse programa não existe mais? O programa de trabalho voluntário no Reino Unido era fruto de uma iniciativa pessoal do fundador e ex-diretor da Interlink, o saudoso Pr. James Victor Cardoo, falecido em 2011. Através de seus contatos pessoais com dois hotéis no Reino Unido, Victor coordenava pessoalmente a seleção e o envio de jovens evangélicos brasileiros para essa proveitosa experiência profissional e cultural. Essa iniciativa, entretanto, foi descontinuada desde o falecimento do Pr. Victor Cardoo. É importante regitrar, contudo, que os hotéis continuam a receber o contato dos interessados na experiência de trabalho voluntário. Para maiores informações, por favor contate diretamente a coordenação do hotel St. Rhadagans ou The Pleasaunce, conforme a direção abaixo: - St. Rhadagans (Mr. Andrew Gardner): info@sthads.co.uk www.sthads.co.uk - The Pleasaunce (Mr. Charles Buxton): thepleasaunce@cehc.org.br www.thepleasaunce.co.uk